img-feed img-feed-email

MURAL DO TUBA FÍSICA

AVISO
:
Este blog está sendo atualizado esporadicamente, pois o autor anda extremamente ocupado. Os demais blogs Tuba Livre estão sendo atualizados com frequência. Endereço no Facebook: http://www.facebook.com/tubalivre

Tuba Livre a todo vapor no Facebook

21 dezembro 2009

Não confunda poste com picolé


Se você for à Europa ou ao norte dos EUA nesta época do ano, não vá brincar de lamber um poste congelado pelo frio intenso, tal qual o que assola o hemisfério norte nos últimos dias.

Pois em Washington, nos EUA, uma adolescente de 13 anos ficou com a língua presa após lamber um poste de metal congelado, no dia 6 deste mês, na escola em que estuda na cidade de Spokane. Os bombeiros usaram água morna para libertar a adolescente. E no dia 8 em Boise, no estado de Idaho, um garoto também confundiu o poste com um picolé.

Os dois casos lembram a cena do filme "Uma História de Natal", no qual um menino ficou com a língua presa também em um poste de metal.

Lembrei de uma amiga de Paço do Lumiar (MA) que me contou uma história engraçada do irmão: num dia extremamente quente e abafado, ele resolveu se refrescar “por dentro” lambendo a parte frontal inferior do compartimento do congelador da geladeira. Resultado: ficou com a língua presa na parede do congelador. E assim ficou por bem uma hora, quando a irmã chegou e o “salvou” jogando água morna. Porém ele não se livrou de sofrer por uns dias com a língua “queimada”.

A pergunta do Tuba é: por que a pele ou a mucosa da língua gruda no gelo ou numa superfície gelada, sem dó? E uma simples brincadeira ou ingenuidade como as dos casos relatados acima podem resultar numa chamada ao corpo de bombeiros?

Esse efeito colante ocorre sempre que um corpo molhado (a língua ou até mesmo a mão molhada) encosta num corpo com temperatura abaixo de zero, por exemplo, um poste congelado. Atente para o fato de haver, geralmente, pelo menos uma fina camada de gelo sobre o metal se a temperatura próxima a ele estiver abaixo de zero. Gelo este resultado da condensação e posterior solidificação da umidade do ar.

As mãos, mesmo quando são enxugadas, ficam um pouco úmidas, ou seja, um pouco molhadas. A língua, nem se fala! Quando se encostam os dedos numa superfície congelada, as gotículas de água sobre a pele também congelam e os dedos parecem grudar. Já a língua, por ser mais úmida e rugosa, acaba grudando com mais facilidade e, como ela é muito sensível, pode-se causar uma lesão considerável se for tentar desgrudá-la à força.
Mas por que ocorre esse efeito colante?

Quando a pessoa encosta a língua, à temperatura corporal, na superfície congelada, ela derrete um pouco do gelo da superfície com que entra em contato. Rapidamente a área da língua atingida entra em equilíbrio térmico com a superfície congelada (o poste), adquirindo uma temperatura abaixo de zero. Como consequência, tanto a água derretida da superfície metálica quanto à água da umidade da língua se solidificam, agindo como "cola" entre a superfície metálica e a língua.

No caso da mão, se ela estiver bem seca, isso não ocorre. Ao se pegar um cubo de gelo a 0ºC, o calor da mão derrete um pouco do gelo, formando-se uma camada de água líquida que funciona como isolante. Por exemplo, se você tentar pegar uma gaveta de gelo com a mão molhada verá que ela gruda por um pequeno instante. Se você estiver nesta época de inverno rigoroso nos EUA ou Europa, nunca segure um portão ou uma barreira de metal com a mão molhada nem deixe crianças encostarem os lábios neles: ficarão grudados imediatamente e será necessário chamar os bombeiros para aquecerem o metal com algo quente.

E num local com temperatura menor que 40ºC negativos, como em certas regiões da Sibéria, até usar óculos fica complicado. O metal gruda no rosto e nas orelhas e rasga pedaços da pele quando você decide tirá-los.

Um comentário:

  1. Quem é essa loira? Quem é essa amiga?

    Quando a gente pega um recipiente do congelador, pricipalmente se for de alumínio, nossa mão fica grudando nele.

    Tira essa verificação de palavras, pô.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário, sua sugestão, crítica ou dúvida no Tuba Física:

Tubosfera

Tuba TwitterTuba Livre MemeTuba Física YoutubeTuba RSSTuba Livre Yahoo RespostasTuba Livre SkoobTuba Física diHITT
ATENÇÃO: Siga ou adicione o Tuba nas seguintes redes sociais e você será seguido ou adicionado: Siga o Tuba no Twitter, Meme, Youtube, Yahoo Respostas, Skoob e/ou diHITT .

Divulgue o Tuba Física

Família Tuba

Tuba Seguidores

Faça parceria com o Tuba! Ponha o link do Tuba Física no seu blog e me avise, seu link será inserido aqui, ajudando a aumentar o tráfego de ambos blogs.

Sites de Física indicados pelo Professor Tuba

FísicanetSeara da CiênciaEu Adoro FísicaA Aventura das PartículasFísica ModernaFísica na VeiaDiscovery BrasilFeira de CiênciasMochoCurso de Física

Campanhas Educativas que o Prof. Tuba apoia

Cidade da LeituraCampanha de Combate à CorrupçãoTodos pela EducaçãoTV: Quem financia a baixaria é contra a cidadania

Tuba Agregadores

Central Blogs
 
▲ TOPO ▲
© 2009 | Tuba Física | Por Professor Tuba | Tuba Livre