img-feed img-feed-email

MURAL DO TUBA FÍSICA

AVISO
:
Este blog está sendo atualizado esporadicamente, pois o autor anda extremamente ocupado. Os demais blogs Tuba Livre estão sendo atualizados com frequência. Endereço no Facebook: http://www.facebook.com/tubalivre

Tuba Livre a todo vapor no Facebook

23 maio 2009

Dicas para a prova - Primeira Série

Movimento e Repouso

Em conceitos básicos de cinemática, o mais importante é saber que os conceitos de movimento, repouso e trajetória são relativos. O que isso quer dizer?

Observando os corpos à nossa volta, podemos ter intuitivamente uma idéia do que são movimento e repouso. Mas esses dois conceitos (movimento e repouso) são relativos. Por exemplo: se você estiver sentado na sala de aula, você pode estar em repouso em relação às paredes da sala ou em relação à Terra; entretanto, em relação ao Sol, você é um viajante espacial.

Dizemos, então, que você está em repouso em relação à Terra (tomando-se como referencial a Terra). Porém, você está em movimento em relação ao Sol (tomando-se como referencial o Sol).
Para ser possível descrever o movimento de um corpo, também é necessário saber dizer onde ele está, ou seja, conhecer sua posição, que sempre é dada em relação a algum outro corpo denominado referencial.

REFERENCIAL, então, é um corpo (ou conjunto de corpos) em relação ao qual são definidas as posições de outros corpos.

Trajetória

A trajetória de um corpo é definida como o caminho percorrido pelo corpo em seu movimento em relação a um dado referencial.

A trajetória também é um conceito relativo, pois depende do referencial. Por exemplo, imagine um avião em movimento horizontal, com velocidade constante, num local onde os efeitos do ar são desprezíveis. Imagine agora que este avião solte uma bomba, como na figura a abaixo:


Para o referencial (um observador) dentro do avião, a trajetória da bomba será um segmento de reta vertical (trajetória retilínea). Já para o referencial (um observador) parado na Terra, a trajetória da bomba será um arco de parábola (trajetória parabólica).

Movimento Uniforme

No movimento uniforme, a velocidade é constante. Neste caso, a velocidade é igual à variação da posição do corpo pelo intervalo de tempo ou igual à distância percorrida pelo corpo pelo tempo decorrido da viagem. Matematicamente temos:


ou

Se isolarmos d, obtemos a relação


Se isolarmos t, obtemos


Use a relação (2) quando for dada a distância e o tempo, a relação (3) quando for dada a velocidade e o tempo e a relação (4) quando for dada a distância e a velocidade.

Dê uma olhada nos exercícios resolvidos do livro no post G3 abaixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário, sua sugestão, crítica ou dúvida no Tuba Física:

Tubosfera

Tuba TwitterTuba Livre MemeTuba Física YoutubeTuba RSSTuba Livre Yahoo RespostasTuba Livre SkoobTuba Física diHITT
ATENÇÃO: Siga ou adicione o Tuba nas seguintes redes sociais e você será seguido ou adicionado: Siga o Tuba no Twitter, Meme, Youtube, Yahoo Respostas, Skoob e/ou diHITT .

Divulgue o Tuba Física

Família Tuba

Tuba Seguidores

Faça parceria com o Tuba! Ponha o link do Tuba Física no seu blog e me avise, seu link será inserido aqui, ajudando a aumentar o tráfego de ambos blogs.

Sites de Física indicados pelo Professor Tuba

FísicanetSeara da CiênciaEu Adoro FísicaA Aventura das PartículasFísica ModernaFísica na VeiaDiscovery BrasilFeira de CiênciasMochoCurso de Física

Campanhas Educativas que o Prof. Tuba apoia

Cidade da LeituraCampanha de Combate à CorrupçãoTodos pela EducaçãoTV: Quem financia a baixaria é contra a cidadania

Tuba Agregadores

Central Blogs
 
▲ TOPO ▲
© 2009 | Tuba Física | Por Professor Tuba | Tuba Livre